Oema

setembro 24, 2009 at 9:28 pm (Uncategorized)

O poema perfeito
não sai pela pena
sai da ponta do peito

O poema perfeito
é pesado e preciso
sem par sem preceito

Mas o poema perfeito
nunca perde sua rima
muito menos o p

Anúncios

Link permanente 2 Comentários