Oema

setembro 24, 2009 at 9:28 pm (Uncategorized)

O poema perfeito
não sai pela pena
sai da ponta do peito

O poema perfeito
é pesado e preciso
sem par sem preceito

Mas o poema perfeito
nunca perde sua rima
muito menos o p

Anúncios

2 Comentários

  1. Arth Silva said,

    Cara muito bom a tecnica de aliteraçao que voce usou!
    tento sempre usar, essas tecnicas nos meus textos. dessa forma o verso ganha titmo, musicalidade.

    ficou excelente!
    na poesia ou no conto voce ainda é imbativel!

  2. ... said,

    num gostei do p,mas o resto mto bom.
    =]
    a saliva não secou ainda,mas quase!!
    olha lá.
    obrigada mais uma vez.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: